domingo, 13 de dezembro de 2020
60-1210
The Philadelphian Church Age

Estimada Sra. Jesus,

Felicidades!

Estamos muito entusiasmados porque fomos escolhidos para sermos chamados de a preciosa Noiva de Jesus Cristo. Estaremos onde quer que nosso Noivo esteja. Nunca seremos deixados por Ele. Jamais sairemos do lado Dele. Compartilharemos o Trono com Ele. Seremos coroados com Sua glória e honra.

São os melhores e mais felizes dias de nossas vidas. Os dias pelos quais o mundo inteiro tem ansiado e aguardado. Jesus, vindo para levar Sua Noiva escolhida.

O Noivo também está muito animado. Ele tem planejado e aguardado ansiosamente por este dia desde o início dos tempos. Todos os Seus convidados foram chamados e aceitaram o convite Dele. Ele preparou para nós um grande banquete para a ceia, com uma mesa de mais de mil quilômetros de comprimento.

Ele mesmo estará conosco e será nosso Deus. Ele limpará de nossos olhos toda a lágrima. Não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor: porque já as primeiras coisas são passadas e não nos lembraremos mais delas.

Ele também tem construído uma nova casa para morarmos. Uma cidade santa, uma nova Jerusalém, descendo Dele vinda do céu, preparada como uma noiva adornada para seu esposo.

Porque já as primeiras coisas são passadas. Quão maravilhoso. Todas as maravilhosas promessas de Deus cumpridas. Tudo estará terminado. A mudança terá sido completa. O Cordeiro e Sua esposa estabelecidos para sempre em todas as perfeições de Deus.

E que nome uma mulher toma quando se casa com o homem? Ela toma o NOME DELE. Será nos dado O NOME DELE.

Oh, Isto é mel na rocha para nós, e o temos lambido enquanto ouvimos Suas Cartas de Amor todos os dias. Continuamos brilhando a cada pepita que ouvimos.

Ele tem nos dito que recebemos uma revelação de Sua Divindade suprema. Ele não é uma segunda pessoa de uma trindade, mas o próprio Deus feito carne e habitando entre nós.

Eu sou a Porta. Eu sou o Caminho. Eu sou a Verdade. Eu sou a Luz. Eu sou o Alfa e o Ômega. Eu sou o Primeiro e o Derradeiro. Eu sou o Pai. Eu sou o Filho. Eu sou o Espírito Santo. Eu SOU a presença viva para a Eternidade.

Então Ele nos diz, por decreto divino, que sabia de antemão que seríamos Sua Noiva. Ele NOS escolheu; nós não O escolhemos. Ele NOS chamou; não viemos por conta própria. Ele morreu por NÓS. Ele NOS lavou em Seu próprio sangue. Ele pagou o preço por NÓS. Pertencemos a Ele e somente a Ele. Ele é nosso Rei e nós somos Seu reino, Sua possessão eterna. Estamos totalmente comprometidos com Ele e Ele aceita o compromisso.

A Noiva Dele aguarda com grande expectativa para ouvir nossa carta de amor no domingo às 14 h, horário de Jeffersonville, conforme Ele nos traz - A Era da Igreja de Filadélfia 60-1210. Ele nos revelará mais uma vez que somos essa verdadeira Noiva da Palavra que não seria abalada, mas permaneceria e creria em cada Palavra.

Irmão José Branham
(Sra. Jesus)

 

Escrituras para ler em preparação para ouvir o sermão “A Era da Igreja de Filadélfia”:

São Mateus 1:1-2, 1:17-23, 16:13-18
São João 5:19, 10:5, 10:7, 10:27
Atos 15:13-14
Romanos 2:29
Efésios 2:19-20
Apocalipse 2:13, 2:17, 3:7-12, 3:15, 7:9-17, 21:1-2

 


Traduções do Sermão

Francês

Espanhol

Português

Italiano

Norueguês

Romeno

Russo